Skip to main content

Saiba como melhorar o monitoramento de TI e torná-lo mais eficiente

Sempre há como melhorar o monitoramento de TI, na verdade esta deve ser uma busca constante dentro da monitoração de TI para que a precisão do monitoramento se amplie, permitindo diagnósticos mais precisos e soluções ainda mais rápidas.

Estas melhorias podem ocorrer dentro de duas esferas distintas: na monitoração ou no monitoramento, e apesar de que dicionários como o Dicio.com não apontam diferença entre as duas palavras, se faz necessária uma distinção.

  • Monitoração: Conjunto de sistemas, softwares e processos que compõem uma solução de monitoração.
  • Monitoramento: Ação humana de monitorar e acompanhar os alertas emitidos por uma solução de monitoramento.

Esta distinção pode parecer pouco produtiva, mas é na verdade muito importante na hora de identificar quais são os principais pontos na solução monitoramento-monitoração que necessitam de melhorias.

Como melhorar a monitoração de TI

Para melhorar a monitoração de TI é preciso primeiro delinear quais são os serviços ou equipamentos-chave, ou seja, os que possuem maior criticidade para a empresa caso estejam indisponíveis.

Uma vez definidos, vamos para os sensores que estão criados, é preciso revisar cada um individualmente e compreender se existe alguma outra possível falha que poderia ocorrer e que implicaria na emissão de um alerta incorreto.

Desta forma é possível definir outras variáveis que podem implicar no mau-funcionamento do serviço, e consequente emissão do alerta.

A ideia aqui é criar sensores que monitorem outros equipamentos e serviços que possuam uma correlação direta com o serviço-alvo ou equipamento-alvo. Tudo o que for necessário para que o serviço/equipamento funcione conforme o esperado.

Desta forma, quando ocorrer algum alerta, a equipe de monitoramento já terá mais indicadores para compreender onde ocorreu a falha e tomar uma ação rápida e direcionada, sem haver necessidade de muito diagnóstico no local.

Posts recentes:

Como melhorar o monitoramento de TI

Para melhorar o monitoramento de TI é necessário compreender quais são os serviços/equipamentos essenciais para o funcionamento da organização, e priorizar quais possuem maior relevância e como impactam nos negócios da empresa

Uma vez definida a relevância, é possível seguir para o próximo passo: Quem será alertado? Esta é uma questão importante, pois não adianta instalar os sensores e emitir os alertas se não houver alguém para os acompanhar e dar a tratativa adequada.

Além disso, é preciso definir em qual horário cada alerta poderá notificar o profissional de monitoramento, e é exatamente por isso que definimos quais são os serviços mais importantes para serem monitorados, pois assim saberemos quais precisam ser tratados imediatamente e quais podem esperar até o horário comercial.

Tratativa dos alertas

Tratativa dos alertas

Para tratar os alertas de forma mais eficiente é preciso compreender a natureza de todos os alertas e quais os prestadores de serviço responsáveis, sejam internos ou um Service Desk terceirizado. Isto é especialmente importante se considerarmos que há cada vez mais fornecedores trabalhando simultaneamente para o funcionamento dos serviços da TI de uma empresa.

Assim cria-se uma sequência de como cada alerta deve ser tratado, a qual prestador deve ser transmitido o alerta, também é importante descrever como deve ocorrer o acionamento de cada fornecedor individualmente.

Documentar este processo é certamente muito importante, especialmente se considerarmos que o monitoramento e tratativa de alertas são conduzidos por seres humanos, que podem não estar disponíveis em um momento específico ou permanentemente.

Ao documentar, obtém-se um conhecimento que pode ser transmitido para outra pessoa, que poderá assumir a função na ausência do primeiro, mantendo a qualidade independente de quem esteja operando a infraestrutura.

Quando o monitoramento de TI fica estagnado?

A interrupção neste processo de melhoria contínua dos sensores, processos e documentação é a primeira coisa que pode estagnar o monitoramento, fazendo com que os indicadores sejam sempre os mesmos.

Por mais que isto não apresente um problema muito grande de imediato, ele pode evoluir para uma completa desconexão do negócio.

Com a evolução da TI e a adoção de novas tecnologias, se o monitoramento não for reconfigurado para também contemplar estas novidades, em breve você terá uma solução de monitoração que não monitora nenhum serviço ou equipamento relevante.

Uma das formas de se prevenir contra isso é a adoção de uma empresa especializada em monitoramento e NOC ou SOC, que irá focar seus esforços na melhoria contínua e continuidade da monitoração e monitoramento da sua TI.

Esperamos ter esclarecido suas dúvidas sobre como melhorar o monitoramento de TI, e caso precise de ajuda você pode falar conosco para te ajudarmos a melhorar a monitoração e o monitoramento da sua empresa.