Skip to main content

O que Backup?

Backup é o ato de copiar, armazenar e proteger uma cópia de dados e informações importantes para alguém ou empresa, e envolve três componentes: Dados, Software e Armazenamento.

O backup a que nos referimos aqui é o backup para servidores, caso queira saber como fazer backup detalhado de estações de trabalho veja o que fazer antes de formatar o computador.

Para realizar o backup dos dados, é preciso definir onde será salvo o backup, onde será armazenado, pois isto pode definir o software que será utilizado para realizar o backup.

Um exemplo disso são arquivos salvos no OneDrive, no qual o próprio software age como o repositório de armazenamento, porém, caso o armazenamento seja realizado em HDDs externos ou em um NAS (Network Attached Storage), será necessário utilizar e configurar um software como o BackupExec ou o Veeam.

Desta forma, o software irá executar e gerenciar a frequência e modalidade do backup, enquanto o repositório será o responsável que ira armazenar e preservar as informações copiadas.

Como fazer backup?

Fazer um backup pode ser tão simples quanto copiar e colar os arquivos importantes para um ou dois HDDs externos, mas isto se aplica a usuários individuais, pois quando falamos em uma empresa, é completamente inviável realizar este mesmo procedimento para todos os colaboradores.

Para empresas, o ideal é contar com um software capaz de realizar os backups de forma programada, e ele irá gerenciar o tamanho dos backups, o tempo de retenção de cada cópia, e também é possível escolher o tipo de backup, sendo eles:

  • Completo
  • Diferencial
  • Incremental

Para conhecer melhor os detalhes para elaborar seu procedimento de backup, confira nossa matéria sobre boas práticas em backup.

Garantindo a continuidade de sua empresa

Se todos os dados de sua empresa forem perdidos, como ela irá se recuperar se não houver uma cópia segura das informações perdidas?

Imagine que você perdeu endereços e contatos de clientes nem fornecedores, pagamentos a receber e fazer, notas fiscais, controle de estoque, desenho de produtos, controle do departamento pessoa.

O trabalho passa a correr de forma vagarosa para realizar qualquer atividade e pode-se perder prazos e dinheiro, o esforço para reconstruir as informações perdidas custa muitas horas de trabalho, um custo adicional para a empresa.

Este cenário de catástrofe traz uma realidade: sua empresa vai falir, a questão é apenas quando.

Cópias confiáveis, futuro estável

O Backup em uma empresa precisa garantir a continuidade do negócio em casos extremos, e existem os seguintes pontos para considerar:

  • Software: É preciso ter um sistema capaz de atender as demandas de infraestrutura, de forma a simplificar a gestão e recuperação;
  • Tecnologia: HD externo, Fitas LTO, Cloud, a tecnologia a ser escolhida precisa atender ás necessidades de retenção de dados da empresa e ao conteúdo que será copiado;
  • Configuração: É necessário configurar as rotinas de backup e definir a modalidade do backup (Incremental, Diferencial, Completo…);
  • Auditoria: Realizar checagens periódicas para certificar que o backup está sendo feito e pode ser restaurado a qualquer momento.

Metodologia sugerida: Backup  3-2 -1

A metodologia conhecida como Backup 3-2-1 é uma das mais bem conceituadas atualmente

  • Ter pelo menos três cópias dos seus dados
  • Armazenar estas cópias em duas mídias diferentes
  • Manter uma cópia de backup fora da empresa
backup 321

Imagine que você mantenha seus dados originais no dispositivo #1, e seu backup no dispositivo #2. Ambos os dispositivos têm as mesmas características, e suas falhas são estatisticamente independentes (eles não têm causas de falha em comum).

Isto quer dizer que se você tem seus dados primários (no dispositivo #1) e dois backups dele (nos dispositivos #2 e #3) e todos os dispositivos têm as mesmas características e nenhuma causa de falha comum, a probabilidade de falha nos três dispositivos ao mesmo tempo será:

1/100 * 1/100 * 1/100 = 1/1.000.000